A importância de fazer pausas

Você faz quando pode, o quanto pode e enquanto pode; se não pode, não force; mas se puder, faça o seu melhor mesmo no seu pior porque nunca é sobre o quê fazer ou para quem e sim, como fazer. Se é preciso desviar, bloquear, recomeçar, repensar ou qualquer substantivo da qual a língua portuguesa … Continue lendo A importância de fazer pausas

Viver para sentir

Uma das maiores experiências nesse corpo é o revelar das sensações. Muitas vezes nem sabemos do porquê, mas é incrível saber que possuímos sensações - positivas ou negativas -, das quais nos proporcionam o conhecimento, pelo menos um pouco mais de conhecimento, sobre nós mesmos. Sensações podem ser caracterizadas por uma conversa inconsciente consigo mesmo; … Continue lendo Viver para sentir

Tudo muda quando algo muda

Os pés descalços sentiam as folhas em cima da terra macia. O corpo perseguia um caminho feito de propósito. Feito pelas árvores com grandes e esplendorosas folhas. Gotas de orvalho libertavam os batimentos cardíacos e a cada inspiração transpiravam a suavidade natural que enchia os pulmões. Tão real que parecia mentira. O vento em direção; … Continue lendo Tudo muda quando algo muda

O que você esconde ou revela?

Hoje eu tive uma experiência muito bonita. Eu não vou contar com as minhas palavras, mas através delas com o mais puro sentimento. Quando há sentimento na palavra, ela se transforma em conexão. Quando há imaginação através da palavra, ela se transforma em sentimento. Quando há detalhes, ela se transforma em realidade. Íntima realidade. O … Continue lendo O que você esconde ou revela?

Eu deixo a sabedoria brincar comigo

Já me falaram que eu vivo no mundo da Lua. E não é que tinham razão mesmo?! Talvez eu tenha vindo de lá! Em algum outro mundo de alguma outra Lua entre tantas essas escondidas nessas madrugadas sem fim com mais luz que alguns dias, eu vivo nesse mundo. Eu gosto de fazer pensar, de … Continue lendo Eu deixo a sabedoria brincar comigo

“E pessoas se curaram”

E as pessoas ficaram em casa. E leram livros e ouviram música, e descansaram e se exercitaram, e fizeram arte, e brincaram, e aprenderam novas maneiras de ser, e pararam.E ouviram fundo. Alguém meditou, alguém orou, alguém dançou. Alguém conheceu sua sombra. E as pessoas começaram a pensar de forma diferente. E pessoas se curaram. … Continue lendo “E pessoas se curaram”